domingo, março 09, 2014

GDF derrotado em Paio Pires

Grande penalidade falhada por Paulo Letras
O GD Fabril foi, esta tarde, derrotado em Paio Pires, por 1-0. Uma injustiça! O GDF teve imensas oportunidades de marcar mas o dia não era nosso. Paulo Letras falhou uma grande penalidade num jogo em que ficaram por marcar outras... quatro. Três bolas foram aos ferros, a bola não quis mesmo entrar.
Mais uma vez houve um protagonista, que não vestia o equipamento adversário.
O Paio Pires não mostrou nenhum futebol. Pontapé para a frente e anti-jogo foram uma constante. Acabou por resultar...
Era bom os responsáveis da arbitragem nomearem árbitros para os jogos do GDF. Os adeptos do GDF agradeciam.

1 comentário:

  1. Está tudo dito, algum azar misturado com a má arbitragem e os santos a protegerem Frade guarda-redes do Paio Pires, tarde cinzenta e inglória para a nossa equipa que sempre estiveram com o controle do jogo e com ocasiões mais do que suficientes para trazer os três pontos, temos que seguir em frente e dar uma palavra de apreço a estes jogadores que tudo fizeram apesar das adversidades, genericamente todos estiveram bem mas vou destacar as prestações de Casaca muito esforçado correu quilómetros, Joel muito voluntarioso no ataque com incursões rápidas dando muito trabalho aos adversários, Mário Jorge muito interventivo e a segurança de Luís Conceição, os outros todos tiveram prestações aceitáveis correspondendo positivamente, vamos acreditar que a s contrariedades que existiram neste jogo possam ser repartidas com outras equipas para que o campeonato seja mais justo, já que a má qualidade alheia não a conseguimos suprimir, viva o Fabril e domingo lá estaremos em Sesimbra para apoiar a nossa equipa. Sócio nº 238

    ResponderEliminar

Espaço para uso APENAS de adeptos do GD Fabril. Aqui não há lugar para 'antis'. O vosso lugar é em outros endereços.

Não se esqueça que para ser respeitado terá de respeitar primeiro. Este espaço respeita-o, faça o mesmo.

Qualquer comentário poderá ser apagado sem qualquer tipo de aviso prévio.
Não seja anónimo, identifique-se.